Manias de Geek

Hardware, software, programação e outros assuntos relacionados a tecnologia

Receita Federal ameaça nossas comprinhas no Mercado Livre

Posted by silviohf em setembro 14, 2007

Nos dias 12 e 13/09 a Receita Federal realizou, em todo o país, a operação de repressão ao contrabando e descaminho, denominada “Leão Expresso II”. A operação visa coibir o comércio ilegal de produtos adquiridos pela Internet e remetidos por via postal.

leao-thumb2.jpg

Os funcionários da receita inspecionaram com raio-x, as encomendas em 28 centros de distribuição dos correios em 25 cidades.

As encomendas consideradas “suspeitas” (notebooks, projetores de vídeo, videogames, câmeras digitais, equipamentos de informática e demais eletrônicos) foram retidas e os responsáveis pelo envio serão chamados para prestar esclarecimentos.

Espera aí, eu não entendi uma coisa! Nem todo eletrônico que é comprado e enviado pela Internet é ilegal, só se estiver sonegando (sem notas fiscais). Como eles estão vendo isso? Dá para ver nota fiscal pelo raio-x?

Ou eles vão violar a correspondência alheia para verificar se a encomenda contém a nota? Isso também não é ilegal?

Fonte: G1

23 Respostas to “Receita Federal ameaça nossas comprinhas no Mercado Livre”

  1. Lucius Fox said

    Eles podem violar as correspondências, isso é normal, infelizmente.
    Já comprei coisas do Reino Unido e dos Estados Unidos, e não tem jeito, abrem mesmo as correspondências, em busca de notas fiscais e se não encontrarei, em busca de características do produto para poder tarifar a taxa de importação corretamente.

  2. Kosh said

    Quando o produto é enviado com nota ou declaração de valor, esta vai anexada externamente, em local visível e ao acesso da fiscalização.

  3. Leia said

    Se tu ler o que tu escreveu, vai ver que ele vão chamar os responsáveis pelo envio, para eles apresentarem a nota.

    foram retidas e os responsáveis pelo envio serão chamados para prestar esclarecimentos

  4. Yian said

    não gosto do mercado livre … então não tem problema se acabar

  5. Henrique said

    A polícia tem o direito de abrir qualquer corrspondencia suspeita.

    E isso é para o bem de todos, se alguem te mandar uma bomba pelo correio e a pulicia suspeitar ela podera abrir a encomenda.

    Como é feito com todas as correspondencias que chegam de outros paises.

  6. Existe uma diferença sutil entre encomendas(mercadoria) e correspondencia…encomendas estão sujeitas a fiscalização, podendo ser abertas pelas receitas federal e estadual…chama-se o destinatario e ele tem que apresentar a nota…se não vinher junto com o produto…ja tive encomendas minhas abertas, varias vezes, seja pela SEFAZ ou RF…e esse ato é legal…o negocio é tomar cuidado..

  7. fana said

    hum, muito interessante esta notícia, muito!

  8. […] x Mercado Livre Passeando pela blogsfera, encontrei – ali no Manias de Geek – algo muito interessante, olha […]

  9. marco aurelio alves queiroz said

    Não, os Correios, somente os Correios, podem, sim “violar” nossa correspondência.

  10. torvi said

    A nota fiscal deve ser fixada na parte exterior da embalagem….porem isso acaba com sua privacidade..

  11. Olha em partes eu concordo com a RF, pois, não é justo para as empresas que pagam seus impostos corretamente (ou quase) ter o mercado roubado por contrabandistas (tá todos sabem que os Laranjas são outros 500)
    parabéns pelo blog….

  12. fmwb said

    O que não é justo são as empresas colocarem preços absurdos mesmo existindo pirataria.
    Ou alguém aqui acredita que se não houvesse os preços seriam menores?
    Acordem.
    Quem sonega imposto rouba do governo, mas também, os impostos que pagamos SEMPRE (IR, ICMS, etc.), acaba indo para o mensalão.

    É aquela máxima:
    Ladrão que rouba ladrão…

  13. silviohf said

    Obrigado a todos pelos comentários e contribuições.
    Realmente quando compramos um produto em outro país existe o Imposto de Importação. Neste caso, sempre existiu uma fiscalização do governo sobre a entrada destes produtos. O que eles estão fazendo agora é uma triagem sobre encomendas e sedex enviados dentro do país mesmo.
    Sinceramente! Acho que eles não vão ter condições de realizar este tipo de checagem constantemente. Provavelmente acontecerão operações esporádicas, o que no fundo é pior, pois, não saberemos quando elas acontecerão.

  14. Moskito said

    e comprar no mercado livre vai ser tão tenebroso quanto atravessar a ponte da amizade entupido de eletrônicos.

    hahaha ;P

  15. Léo do Paraná said

    pq então o governo não agiliza logo a lei q “disse” q iria cria para agilizar a importação de produtos via Paraguay para o Brasil , acabaria com contrabando de forma drastica na fronteira ,sendo assim legaliza os irregulares e com certeza ira aumentar a recadação de impostos e os famosos sacoleiros poderam trabalhar legal , pois não acho legal e justo a forma q tratam os mesmo como marginais , são pessoas q babalham para sustentar familias inteiras , pois não tiveram a chance de algo melhor, por favor altoridades agilizam a Lei.

  16. Sandra Filomena Leme dos Santos said

    O país deve estar ma mendingancia, pois a receita quer taxar comprinhas de 10 reais, mas e na hora de restituir? porque os atrasos? E os impostos recohidos porque não ser revertem em prol do cidadão, a quantas anda a segurança pública, a saúde e a educação? Eta pais pobrinho!!!

  17. Sandra Filomena Leme dos Santos said

    O páis está assim poque os brasieiros são muito moderados!!!

  18. gabriel said

    Isso ai é um fogo de palha desgraçado, esses ****** não conseguem fazer uma grande empresa deixar de sonegar milhoes de reais por ano e agora querem fazer gracinha no mercado livre… Podre essa receita federal…

  19. silviohf said

    Essas ações devem ser exporádicas, só para fazer pressão.

    Devemos lembrar que:
    – existem vendedores que entregam nota fiscal;
    – existem pessoas vendendo produtos usados;
    – esse prática de venda já se consolidou há varios anos; (deixaram por muitos anos, agora ficam com graça!)
    – a “história” do raio-x, tá meio mal contada.

    Por esse motivo, acho injusto esse tipo de pressão agora.

  20. Claudio said

    O amigo Silvio tem razão, e os produtos antigos ou usados que temos em casa , como vamos emitir uma nota fiscal ?
    Estava vendendo uma furadeira antiga e o comprador não quiz mais pq eu não tinha nota fiscal. Ta muito estranho isso.
    Outra coisa o M.L. também não te dá nota fiscal , vc paga os anúncios e não recebe nem uma nota ou recibo, o pessoal da receita f. deve estar de olho nisso também.

  21. Luis Barreto said

    O que acontece com a Mercadoria que foi retida se não estiver com Nota Fiscal..?, tem como pagar imposto e recuperar…?, e a pessoa que mandou o que acontece paga Multa ou processo..?, será que vão abrir um processo para cada pacote sem nota…. ???

  22. Caio_faxineiro said

    Bem pelo que sei, se não me engano a receita te manda um comunicado(vendedor), para comparecer em uma agencia da receita (correios) a agencia principal de sua cidade ou municipio
    para pagar por uma valor estimado do produto, ou seja, se voce que comprou no mercado livre um produto fora do pais é porque foi muito mais barato e valeu apena, aqui o “cara” vai olhar sua encomenda e da 60% do valor da mercadoria. pode sim recuperar ok?

  23. Juliane said

    A receita se cadastro no mercado livre e está dando lances p/ pegar quem está vendendo sem nota e em grandes quantidades. Estão querendo pegar os “peixes grandes”…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: